terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Selmer 503 - A lendária guitarra de Django!

Django Reinhardt conseguiu um contrato de patrocínio com Selmer, então muitas guitarras Selmer passaram por suas mãos (ele vendeu ou distribuiu muitas delas). Existem 2 guitarras que temos certeza que pertenciam ao Django mais permanentemente No.503 e no. 704. A guitarra de No.503 veio em posse de Django em 1940 e ele tocou com essa até sua morte em 1953. A guitarra está em exibição no Museu do Louvre em Paris.
Django Reinhardt gostava de cordas leves 0.10 a 0,46 ) geralmente Savarez argentines, e tocava com as palhetas mais grossas que ele encontrava, na maioria das vezes usando palhetas feitas de casco de Tartaruga. Selmer parou de produzir guitarras em 1952.

As guitarras Selmer, eram consideradas 'duras', com a ação de cordas bem altas e difíceis de tocar, Django definitivamente desenvolveu um estilo para se adequar a esse instrumento, embora ele tocasse outras guitarras antes do Selmer . O primeiro Selmer foi lançado em 1932 , e Django conseguiu sua primeira guitarra Selmer em 1934 . Então seu estilo já estava definido naquele momento. Há histórias sobre quando ele veio para a América sem uma guitarra, porque ele imaginou que os americanos estariam fazendo fila para emprestar guitarras para ele tocar, como era de costume na Europa. Bem, isso não aconteceu, então o Gerente da Turnê do Duke garantiu um Gibson ES-330 com uma captador P-90 , e ele ficou realmente chateado.Ele escreveu de volta ao seu gerente: "Não fale mais comigo sobre guitarras americanas de lata !"

As guitarras Selmer tinham sua construção de forma simples, muitas vezes com lateral e fundo de madeira laminadas mas hoje custam milhares de dólares e são como o violino Stradivarius para os guitarristas de jazz manouche, o santo Graal.


Um video com análise microscópica da lendária Selmer 503 de Django Reinhadt! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário